sexta-feira, 29 de março de 2013

Queimação de Judas gera dinheiro e reforça tradição da Semana Santa


Da Redação do O Estado 




Amanhã, Sábado de Aleluia, dia que antecede a celebração da Páscoa, é também dia de muitas tradições para os religiosos católicos. Exceto confissões e Liturgia das Horas, as igrejas não realizam missa ou comunhão eucarística. E é ainda, no sábado, que a população pratica a queima de Judas, representação da morte, por enforcamento, de Judas Iscariotes, traidor de Jesus Cristo.




Queimação de Judas gera dinheiro e reforça tradição da Semana Santa

Comentando a notícia.



Sempre temos alguém ou algum problema que representa o “Judas” em nossa vida pode ser um amigo que não é tão amigo assim, um chefe que vive a nos chatear, alguém que nos enganou, mas não podemos simplesmente queimar essa pessoa como um Judas, devemos compreendê-la e se possível nos afastarmos delas. Mas que temos vontade de “malhar” um Judas que represente todos nossos problemas é uma realidade, por isso que tal fazer um Judas que represente os nossos problemas e dar umas pauladas nele? Não precisa matar!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário