domingo, 23 de junho de 2013

Portugal envelhece e idosos sem substitutos permanecem trabalhando para ter renda | Agência Brasil

Além da saúde, há quem trabalhe porque não tem descendente que o substitua. No caso de dona Júlia, a única filha é dona de uma butique e os dois netos ainda estão estudando, e mais ninguém na família se interessa por trabalhar na mercearia, revela. A falta de pessoas que substituam os mais velhos nas atividades laborais é um fenômeno no país, que tem cada vez menos crianças, adolescentes e adultos na chamada idade ativa, até 65 anos.

Portugal envelhece e idosos sem substitutos permanecem trabalhando para ter renda | Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário