segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Site relata onde e como as pessoas foram assaltadas e quais objetos foram levados.


Foto: VIOLÊNCIA | O site, criado pelos estudantes Márcio Vicente e Fillipe Norton, é uma ferramenta acoplada ao Google Maps, na qual as pessoas registram os locais onde foram roubadas. Veja em: http://goo.gl/wkPCHw
Em 2012, Márcio Vicente e Fillipe Norton, ambos estudantes de ciência da computação da Universidade Federal da Bahia, criaram, no Facebook, a página Onde Fui Roubado. Com o sucesso do serviço, em junho deste ano eles lançaram um site com o mesmo nome.

Na página da web as pessoas relatam, anonimamente, onde e como foram assaltadas e quais objetos fora levados. O serviço está disponível para várias cidades brasileiras, inclusive Vitória e outros municípios do Estado.

A página informa também, se as vítimas mais frequentes são homens ou mulheres, quais objetos são mais roubados e até a porcentagem das pessoas que registram boletim de ocorrência na polícia.

A notícia ruim é que fortaleza lidera o ranking dos estados assaltados com 1099 ocorrências, sem duvida nenhuma é um ótima opção para o combate ao crime. Para facilitar o registro e a visualização, no site há um legenda para cada tipo de assalto. Furtos, por exemplo, ficam marcados na cor azul. Em Fortaleza as cores que mais aparecem no mapa são, vermelho (assalto à mão armada)., azul (furto) e laranja (roubo de veículo)

Confira as maiores ocorrências.
Vitimas
60% Homens
40% Mulheres
Objetos
Celular      73%
Carteiras   37%
Tipo de Assalto
Mão armada: 58%
Furto: 21%
Outros 22%
Site: http://www.ondefuiroubado.com.br/fortaleza/CE

Com informações do Gazeta on line e Onde fui Roubado


Nenhum comentário:

Postar um comentário