quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Cracolândia domina Dragão do Mar

Consumo e venda de drogas acontecem a qualquer horário do dia, afastando os frequentadores

Foto Diário do Nordeste
Ruas do entorno do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, um dos principais cartões-postais de Fortaleza, se transformaram em uma verdadeira cracolândia. Todos os dias, no cruzamento das ruas Boris com José Avelino, nas proximidades da Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel, dezenas de pessoas vendem e consomem drogas livremente, a qualquer hora do dia. São homens, mulheres, adultos, adolescentes e até crianças. A movimentação é maior à noite, nas terças e quintas, por ocasião da feira da Rua José Avelino, e aos domingos, quando a via fica tomada por pessoas consumindo crack.

Os comerciantes do redondezas ja estão preocupados porque as pessoas ja não param mais no entorno do Dragão do Mar. Uma balconista conta que já cansou de ver a Polícia passar, ter um monte de gente consumindo drogas e ninguém fazer nada. "Está legalizado", critica.

A policia não tem conhecimento

Segundo a reportagem do Diário do Nordeste a Policia diz que não tem conhecimento do assunto e diz que apenas esta mapeando os lugares da cidade com maiores ocorrências e informa que somente pode resolver o problema quando é acionada.

Reformas estão sendo planejadas

Segundo o secretário estadual da Cultura, Paulo Mamede ja estão sendo estudadas ações para diminuir a insegurança no local como por exemplo uma nova iluminação e uma reforma do Teatro São José e da Praça do Cristo Redentor.

Com informações do Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário