terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Tarifas do transporte intermunicipal do CE serão reajustadas em janeiro

Detran deverá fixar novas tarifas a partir de cálculos feitos pela Arce.
Linhas afetadas são operadas por sete empresas concessionárias.

Do G1 CE

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-Ce) deverá divulgar nos próximos dias os valores finais das tarifas de transporte intermunicipal do Estado, que devem vigorar a partir de janeiro de 2014. A revisão tarifária é realizada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará  (Arce), que calcula os valores máximos que podem ser praticados a partir de algumas variáveis como o número de passageiros transportados e o aumento dos gastos das empresas de ônibus (custo dos veículos, mão de obra, gastos com combustível, peças, pneus etc).
As linhas afetadas são as que interligam o município de Fortaleza aos demais municípios do interior do Ceará, com exceção dos integrantes da Região Metropolitana de Fortaleza. Distribuídos em oito áreas (Aracati/ Russas/ Morada Nova/ Limoeiro do Norte, Baturité/ Quixadá, Canindé/ Crateús/ Tauá, Sobral, Itapipoca, Iguatu, Crato/Juazeiro do Norte e Crajubar), o trecho que deverá sofrer maior reajuste é o  Fortaleza-Iguatu, que passaria de R$ 38,05 para R$ 40,75, segundo simulação realizada pela Arce. Já o trecho Crato-Juazeiro deverá passar de R$ 1,55 para R$ 1,60, o menor valor reajustado.
O sistema de transporte intermunicipal abrange todo o Ceará e é atendido por sete empresas, que operam 152 linhas regulares de ônibus, cuja origem e destino principal é Fortaleza. De acordo com a Arce, em 2012, foram percorridos 58.415.668 Km, em 419.486 viagens, quando foram transportados  17.367.926 passageiros, o que representa cerca de 47.500 passageiros por dia.
Os trechos que terão suas tarifas modificadas são atendidos pelas empresas concessionárias São Benedito Autovia Ltda, Fretcar Transportes Locação e Turismo Ltda, Consórcio Viação Princesa dos Inhamuns/Gontijo Transportes Ltda, Expresso Guanabara S.A e Autoviação Metropolitana Ltda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário