sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Obras prosseguem no Cine São Luiz. Entidades podem solicitar doação de cadeiras

Cinema São LuizAs obras de restauração e recuperação do Cine São Luiz prosseguem de forma intensa, para que até agosto deste ano seja devolvido à população um dos cinemas mais bonitos do Brasil e um dos espaços referenciais do cenário cultural cearense. Com investimento de R$ 15.287.832,21 pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Cultura, as obras estão sendo realizadas pela Construtora Granito Ltda, empresa vencedora do processo licitatório, e incluem completa recuperação do Cine São Luiz, com melhorias nos sistemas de iluminação, acústica, projeção, climatização, além dos assentos, piso e revestimentos.

O equipamento terá uma nova configuração, como cine-teatro, com a abertura do palco que fica atrás da tela de projeção. Assim, o São Luiz, além das tradicionais exibições cinematográficas, será espaço também para espetáculos de linguagens como teatro, dança e música. A Secult está formando um grupo de trabalho para discutir com artistas e produtores a concepção da futura programação do espaço.

As cadeiras do cinema, que serão substituídas por novos assentos, serão doadas pela Secult a entidades sem fins lucrativos ou a instâncias do Poder Público, como prefeituras e secretarias municipais de Cultura. As instituições interessadas em pleitear cadeiras do São Luiz devem encaminhar ofício à Secult (Rua Major Facundo, 500, Centro, CEP 60125-100, fone 3101-6767), comprovando a natureza das atividades realizadas e informando o local em que pretendem utilizar os assentos. Os pedidos serão analisados e respondidos pela Secretaria.


Inaugurado em 1958 e fechado desde julho de 2010, o Cine São Luiz, tombado pelo Governo do Estado em 1991, em reconhecimento a seu valor como patrimônio histórico e arquitetônico, também receberá novos equipamentos de projeção e de áudio. “O Cine São Luiz vai ser o cinema mais bonito deste País e continuará servindo como referência para várias gerações do Estado do Ceará e de Fortaleza”, reforça o secretário da Cultura, Paulo Mamede.

Outros equipamentos

Até dezembro deste ano, os diversos equipamentos mantidos pelo Governo do Estado por meio da Secretaria da Cultura passarão por obras, em um investimento total de mais de R$ 74 milhões. O Theatro José de Alencar está passando por obras de conservação e recuperação. Foi assinada a ordem de serviço para as obras de integração entre o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e a Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel. Também haverá obras de reforma geral da Biblioteca. O Centro Dragão do Mar e o Centro Cultural Bom Jardim são outros equipamentos que atualmente recebem reformas.

O prédio do Museu do Ceará também será restaurado. O Arquivo Público será beneficiado com restauração e reforma completa. O Memorial Cego Aderaldo, em Quixadá, está em fase avançada de obras. O município de Quixeramobim também contará com obras para a Casa de Antônio Conselheiro.

Novo Centro de Cultura e Memória

Já nos galpões da antiga RFFSSA, no Centro de Fortaleza, será instalado o Centro de Cultura e Memória Engenheiro João Felipe, um equipamento novo e de grande porte, incluindo a Pinacoteca do Estado, o Centro Referencial da Gravura no Ceará, o Núcleo de Memória Ferroviária e a transferência do Museu da Imagem e do Som (MIS).

“Todas essas obras são para que nossos equipamentos guardem de forma digna sua simbologia e afetividade, pois são instrumentos de ligação entre várias gerações”, ressalta o secretário Paulo Mamede, destacando o trabalho para garantir o direito da população aos equipamentos culturais em pleno funcionamento, com condições adequadas e programação de qualidade.

“Já o Centro de Cultura e Memória Engenheiro João Felipe será um equipamento de grande monta, incluindo a Pinacoteca, que nos possibilitará um espaço de destaque para o acervo de obras do Estado, além da maior inserção do Ceará no roteiro internacional das artes”, enfatiza. Todas as obras devem ser concluídas até dezembro de 2014.

16.01.2014
Assessoria de Comunicação da Secult

Nenhum comentário:

Postar um comentário