quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Homem é preso depois de jogar bomba caseira dentro do estádio Castelão

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), através das Polícias Civil e Militar do Ceará, prenderam na noite de ontem (02), durante o jogo Ceará x Treze-Pb, realizado no estádio Castelão em Fortaleza, um homem que jogou contra a torcida do time de Campinas uma bomba de fabricação caseira. O artefato conhecido como “cabeça de nego” possui em sua composição pregos e outros elementos cortantes. A bomba foi jogada do setor C onde estavam torcedores do Ceará, para o setor B, onde se concentraram os torcedores do Treze-Pb. Ninguém ficou ferido.
O suspeito de jogar o artefato na torcida rival foi identificado e preso. Trata-se de Glauber Henrique Pinho de Araújo, o “Rick Mofi”, de 19 anos. Ele é integrante da torcida organizada Movimento Organizado Força Independente (MOFI). De acordo com o delegado Romero Almeida, que estava de plantão na delegacia do estádio durante a partida, Henrique foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. Ele ainda está sendo investigado por incitação ao crime, devido à publicações feitas em seu perfil em uma rede social, dias antes do jogo. Ele foi encaminhado ao 34º Distrito Policial (Centro) onde permanece preso e deverá ser transferido ainda hoje (03) para o 16º DP (Dias Macedo), delegacia responsável pela área do Castelão.
Durante o jogo, outras 22 pessoas foram detidas e foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO) por incitação à violência no estádio.

Assessora de Comunicação da Polícia Civil do Estado do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário