quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Operação Coletivo Seguro começou nesta terça-feira

Desde terça-feira (18) começou a operação “Coletivo Seguro" que traz uma série de ações para evitar ocorrências no transporte coletivo. O lançamento da operação aconteceu nesta terça-feira, na sede da Secretaria da Segurança e Defesa Social. Durante a coletiva, o titular da SSPDS, Servilho Paiva, ressaltou a importância das ações e da necessidade de a população denunciar pelo 181 (Disque-Denúncia) ou pelo 190 (Ciops). A operação funcionará nas áreas com maior ocorrência   e inclui abordagem policial, trabalho de inteligência e revistas periódicas.

Segundo o Secretário, há dois meses a operação era planejada. Ele citou que, mesmo antes da vigência do “Coletivo Seguro”, as ocorrências em transporte coletivo diminuíram de 39,36% no mês de janeiro.

Sobre os ataques contra os coletivos que aconteceram nos últimos dias, o Secretário disse que eles são em decorrência de uma disputa entre traficantes e todas as medidas foram tomadas de imediato. “É uma disputa por espaço de tráfico, no Bairro do Barroso. Os autores foram identificados e cinco já foram presos. Desde o início foram tomadas as providências e demos resposta rápida, identificando e prendendo os autores”, enfatizou o Secretário.

Antes do lançamento da Operação, o secretário Servilho Paiva se reuniu com representantes do Sindiônibus. Eles definiram as ações como satisfatórias e eficazes e asseguraram que o transporte coletivo circulará normalmente, inclusive durante a madrugada. “Em nenhum momento houve paralisação. Nós esclarecemos que estamos tranquilos devido às ações concretas da Polícia”, disse Chiquinho Feitosa, do Sindiônibus.

Participaram ainda da coletiva o secretário-adjunto da SSPDS, Wilemar Rodrigues; comandante- geral da Polícia Militar, Cel. Lauro Prado;  e o delegado-geral, Andrade Júnior




Nenhum comentário:

Postar um comentário