quinta-feira, 27 de março de 2014

[Coluna É isso ai...] Mais uma agência bancaria pelos ares



Mais uma agência bancaria pelos ares
Um grupo explodiu um caixa eletrônico de uma agência bancária no município de Itaiçaba, a 167 Km de Fortaleza, na madrugada desta terça-feira (25). De acordo com a Polícia Militar, o ataque ocorreu por volta das 2h. Polícia acrescentou que diversos homens em veículos e motos invadiram a cidade e participaram da explosão do caixa eletrônico. Ação dos suspeitos durou cerca de 20 minutos.
Medo em Fortaleza
Conforme o Blog do Egídio Serpa muitos empresários de Fortaleza estão com medo da violência que paira sobre a cidade. Muitos dizem que tem medo de sair a noite, ir a compromissos como casamentos, palestras ou compromissos profissionais.
Ivo Gomes: “ Esta tudo tranqüilo”
O secretário Ivo Gomes postou em uma rede social dizendo que as pessoas estavam em uma praça próximo a seu apartamento brincando, passeando com as crianças, fazendo cooper e foi até a banca de jornal comprar uma revista. Ivo Gomes ainda aproveitou e mandou um recado falando que a violência era coisa de pessoas que assistem programas policiais. Ah tá!
Os gastos do Copa
Os gastos da copa assustam cada vez mais. Conforme levantamento feito os gastos da Copa da Alemanha foram 2,5bi de dólares a da África do Sul 3,5 bi e a do Brasil por enquanto esta em 5bi. A FIFA teve também os número de seus funcionários ampliados e o salário destes aumentados. Em tempo até agora o Brasil é o pais que mais dará lucro a FIFA.
Ainda sem definição
A Prefeitura Municipal de Fortaleza ainda não definiu se será decretado feriado na Capital, uma das cidades-sede, em dias de jogos da Copa do Mundo. Conforme a assessoria da Prefeitura, ainda não há previsão para a decisão por parte do prefeito Roberto Cláudio. Fortaleza receberá 6 jogos do Mundial na Arena Castelão, Uruguai x Costa Rica (14/06), Brasil x México (17/06), Alemanha x Gana (21/06), Grécia x Costa do Marfim (24/06), Oitavas de final (29/06) e Quartas de Final (04/07).
Nota rebaixada
A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) reduziu a nota de crédito em escala global de 13 instituições financeiras brasileiras. As instituições que tiveram a nota rebaixada foram Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú Unibanco, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Bradesco, Itaú BBA, Citibank, Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Santander, Sul América, Companhia Nacional de Seguros e Allianz Global.

Por enquanto é isso ai... !

Nenhum comentário:

Postar um comentário