terça-feira, 11 de março de 2014

Mulher acusada de matar a mãe no Rio é presa em Itarema

Ação integrada das Polícias Civil e Militar do Ceará (PC/PMCE) prendeu um casal foragido do estado do Rio de Janeiro (RJ), acusado de assassinar uma idosa de 62 anos, mãe da mulher presa. A dupla foi localizada em Itarema, na Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17), no domingo (02).
Samile Pinto da Fonseca (39) foi presa em uma lanchonete no Centro do município. O namorado dela, Fábio de Oliveira Furtado (18), foi localizado em Vázea do Lagamar, na zona rural de Itarema. No momento da abordagem, Samile Pinto, que para não ser reconhecida pintou e cortou os cabelos, tentou negar que fosse a pessoa que os policiais estavam procurando. Porém foi reconhecida e acabou levando os policiais ao local onde o namorado estava escondido. Fábio foi encontrado na calçada da casa que o casal havia alugado para estabelecer nova moradia longe do Rio de Janeiro.
A dupla foi levada à Delegacia Regional de Acaraú, onde permaneceu recolhida. Na tarde de quinta (06), os dois foram transferidos à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa do Ceará (DHPP). Na DHPP, Fábio confessou participação no crime.
O diretor da DHPP do Ceará, Delegado Luiz Carlos Dantas, comunicou a prisão do casal ao diretor da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro, Delegado Rivaldo Barbosa, que já está providenciando o retorno do casal ao estado de origem.
O crime
A dupla teria matado Sônia Maria Pinto da Fonseca (62), mãe da acusada. O corpo da vítima teria sido enterrado dentro de uma casa em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro. O casal teria utilizado concreto para ocultar o cadáver da vítima, sob a pia da cozinha da residência da família.


Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário