domingo, 18 de maio de 2014

Governador autoriza concurso com 763 vagas para a Polícia Civil

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), dando continuidade a implementação do "Programa em Defesa da Vida", realizará novo concurso público para a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), com o objetivo de ampliar o número de delegacias que funcionam 24 horas e de fortalecer o trabalho da polícia judiciária.

O governador Cid Gomes autorizou, na última sexta-feira (09), o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Servilho Paiva, a adotar as medidas necessárias para a abertura de concurso público para a contratação de 763 novos policiais civis, sendo 168 delegados, 336 escrivães e 259 inspetores.

A necessidade de ampliação do número de delegacias 24 horas e a localização dos equipamentos que passarão a ter o horário estendido foram apontadas após observações produzidas e consolidadas em razão da demanda criminal nas 18 Áreas Integradas de Segurança (AISs) do Estado, comandadas por um delegado, um oficial da Polícia Militar (PM) e um oficial do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE).


A medida propiciará vários benefícios como, por exemplo, um atendimento à população em tempo integral, mais rápido e mais próximo da realidade da respectiva comunidade e maior eficiência e eficácia na resolução dos crimes ocorridos na área. A ampliação do número de delegacias 24 horas também possibilitará a fixação e a potencialização do policiamento ostensivo e preventivo a cargo das equipes da Policia Militar, além da redução dos custos com combustível e manutenção das viaturas, visto a consequente redução de deslocamento das equipes da PM para lavratura de flagrantes em outras áreas - especialmente à noite e nos finais de semana, quando só os polos plantonistas funcionam. A medida ainda promoverá uma maior integração entre as forças de segurança que atuam na respectiva AIS, o conhecimento decorrente da troca continua de informações sobre os criminosos e tipos de delitos que são praticados na área

Uma portaria do Secretário da Segurança Pública e Defesa Social indicará as delegacias 24 horas que, inicialmente, se somarão as já existentes na Capital, Região Metropolitana e Interior, sempre levando em conta a mancha da criminalidade. A portaria regulamentará, ainda, a formação em bloco dos concursados (Delegados, Inspetores e Escrivães), visando o funcionamento adequado das delegacias 24 horas logo após a nomeação dos aprovados, bem como os critérios de escolha de vagas que se dará pela ordem de classificação no curso de formação.

Uma comissão composta por dois representantes da SSPDS, dois da Polícia Civil, dois da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) e um da Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp) será nomeada para dar prosseguimento aos trâmites do concurso.

Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário