domingo, 8 de junho de 2014

[Coluna Economia e Mercado] As 25 maiores empresas do Brasil em 2014



As 25 maiores empresas do Brasil em 2014
Saiu a lista da Forbes das 25 maiores empresas do Brasil, segundo a revista não foi um ano muito bom para o Brasil, pois algumas empresa saíram da lista como Lojas Americanas e Natura. A Petrobras desabou 10 posições no ranking mundial. Para formar sua lista anual, FORBES leva em consideração vendas, lucros, ativos e valor de mercado de cada empresa, assim como suas variações de um ano para outro. Para formar sua lista anual, FORBES leva em consideração vendas, lucros, ativos e valor de mercado de cada empresa, assim como suas variações de um ano para outro. As cinco primeiras são Petrobras, Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil e Vale.
Os cinco homens mais ricos do Brasil em 2014
Aproveitando que estamos falando das cinco maiores empresas do Brasil aproveito para trazer os cinco empresários mais ricos de 2014 segundo a Forbes do Brasil. Pela ordem são estes: Jorge Paulo Lemann – U$19.7 bilhões, José Safra – U$16 bilhões, Marcel Herrmann Telles – U$10.2 bilhões, Irmãos Marinho – U$9.1 bilhões cada um e Carlos Alberto Sicupira – U$8.9 bilhões
Você já ouviu falar em Urban Skyfarm
Na Coreia do Sul estão surgindo às fazendas verticais que são uma maneira inteligente de cultivo de alimentos Os sistemas são utiliza sistemas hidropônicos e colaborar com a escassez de alimentos na terra, o que pode acontecer no futuro.
Dilma fala que no Brasil nunca se confundiu politica com Copa do Mundo.
A Presidenta Dilma Rousseff acusou nesta sexta-feira grupos opositores ao seu governo de usar os protestos contra a Copa do Mundo para fomentar críticas de cunho político-eleitoral. Segundo Dilma, a campanha contra a realização do torneio no Brasil tem como objetivo atingir o próprio governo. A população tem que saber que a Copa do Mundo não é o principal problema da nossa nação e que a população esta até certo ponto apoiando o evento. Quero crer que na hora do jogo todos vão apoiar a seleção de futebol, mas vão saber assim que passado o evento resolver os problemas criados pelo descontrole orçamentário que levou essa Copa a custar quase 30 vezes mais que o orçado.
O que estamos vendo hoje aconteceu em 1950
Na pesquisa que fiz sobre a Copa de 1950 no Brasil, motivado por saber como foi o evento naquela época, encontrei alguns paralelos interessantes como, por exemplo, que o Brasil teve mais um ano para fazer a Copa e mesmo assim não cumpriu o prazo, as calçadas do Maracanã foram feitas de ultima hora assim como tivemos estádios interditados a poucos dias de iniciar a Copa. Como vemos as coisas no Brasil vem de longe onde o pouco planejamento e a mania de fazer tudo na ultima hora imperam.
Mais um exemplo de má gestão
Ouvi pelo rádio que a Baia de Guanabara não vai ficar despoluída para as olimpíadas e o Brasil havia assumido o compromisso de reduzir a poluição da baía em 80% até o evento. Como sempre outra vez muita coisa prometida não vai ficar pronta. Segundo o rádio o Governo Estadual teve 20 anos para fazer essa recuperação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário