sábado, 26 de julho de 2014

Prefeitura de Fortaleza anuncia implantação de faixas exclusivas e ar-condicionado nos ônibus

Entre agosto de 2014 e julho de 2015 serão implantados mais de 122 km de faixas para circulação de ônibus, vans e táxis

 
O Prefeito Roberto Cláudio lançou, em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (24/7), o Programa de Implantação de Faixas Exclusivas de ônibus. Contida no Plano de Ações Imediatas de Trânsito e Transporte (PAITT), a medida visa garantir, entre agosto desse ano e julho de 2015, a priorização da circulação de ônibus, vans e táxis em 16 vias da cidade, totalizando 122 quilômetros. Até outubro de 2014, seis avenidas receberão as faixas exclusivas: Av. Carapinima, Av. da Universidade, Av. José Bastos, Av. Domingos Olímpio, Av. Antônio Sales e Av. Godofredo Maciel. Ao final de três meses estarão em operação 28,8 quilômetros das novas vias.
O Prefeito Roberto Cláudio lançou, em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (24/7), o Programa de Implantação de Faixas Exclusivas de ônibus. Contida no Plano de Ações Imediatas de Trânsito e Transporte (PAITT), a medida visa garantir, entre agosto desse ano e julho de 2015, a priorização da circulação de ônibus, vans e táxis em 16 vias da cidade, totalizando 122 quilômetros. Até outubro de 2014, seis avenidas receberão as faixas exclusivas: Av. Carapinima, Av. da Universidade, Av. José Bastos, Av. Domingos Olímpio, Av. Antônio Sales e Av. Godofredo Maciel. Ao final de três meses estarão em operação 28,8 quilômetros das novas vias.

De acordo com o Prefeito, Fortaleza tinha apenas 15Km de faixas exclusivas para ônibus. Com a ação, passará a ter 137Km, aumentando em até 40% velocidade de circulação dos veículos e diminuindo o tempo de deslocamento dos passageiros. “As faixas aumentarão a fluidez do trânsito, dando prioridade ao transporte público na cidade. Somada ao Bilhete Único e à integração entre ônibus e vans, essa ação acabará gerando uma nova demanda para os ônibus em Fortaleza”, afirmou.

A escolha das vias selecionadas foi baseada em dois critérios: a estrutura viária e o fluxo de coletivos que transitam por elas. Todas as avenidas contam com pelo menos três faixas de circulação, viabilizando a implantação de uma faixa exclusiva para o transporte coletivo. Além disso, elas contam com um alto volume de ônibus e vans circulando diariamente. Nas avenidas Carapinima e Universidade, por exemplo, o fluxo chega a ser de 200 coletivos por hora.

O uso das faixas exclusivas será limitado para carros em trechos que variam de 100 a 300 metros, para conversões à direita e acesso a áreas comerciais e residenciais. A fiscalização será feita em três etapas: adaptação, educação e penalização, como explicou Luís Alberto Sabóia, titular da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP). “No primeiro momento não haverá multa, apenas orientações. No segundo momento, 30 dias após a implantação da faixa, nós implantamos a fiscalização eletrônica e já começamos a registrar os abusos e notificar, ainda orientando o usuário. Somente após mais 30 dias tem início a terceira fase em que haverá, se for o caso, penalização com multa”, disse.

Para garantir o início do funcionamento das faixas, as vias selecionadas receberão nova sinalização, equipamentos de fiscalização e novos abrigos nos pontos de parada, com cobertura metálica, nova iluminação e placas de orientação do percurso da linha. As medidas terão gasto estimado de R$ 70 mil a R$ 80 mil por quilômetro, totalizando até R$ 9,76 milhões.

A Avenida José Bastos e a Avenida Presidente Costa e Silva (Perimetral) terão faixas exclusivas que serão, posteriormente, substituídas por corredores exclusivos de ônibus (localizados à esquerda do canteiro central).

Programa de Implantação de Ar-Condicionado nos Ônibus

Entre agosto de 2014 e julho de 2015 serão implantados mais de 122 km de faixas para circulação de ônibus, vans e táxis

Com o lançamento do Programa de Implantação de ar-condicionado nos ônibus, a Prefeitura estabelece o prazo de seis anos para que toda a frota de coletivos da cidade tenha esse dispositivo. A partir de dezembro deste ano, todo novo veículo adquirido pela frota deverá contar com ar-condicionado. A cada ano, pelo menos 12,5% da frota de ônibus serão substituídos por veículos com ar-condicionado.

Uma pesquisa realizada pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza em 2013 apontou que 43% dos usuários de transporte público consideram ar-condicionado o principal atributo de conforto. Segundo Roberto Cláudio, a reposição da frota será gradual para não impactar negativamente no preço da tarifa e por não ser possível instalar ar-condicionado nos ônibus existentes, sendo necessária a troca por veículos que já tenham essa estrutura. “Nós cremos que dando mais rapidez o ônibus, reduzindo o tempo de espera e garantindo o conforto, nós damos ao cidadão a possibilidade de não usar o transporte privado, que engarrafa as vias e traz mais prejuízos à mobilidade urbana”.
Os primeiros veículos adquiridos iniciarão sua circulação nas vias onde foram implantadas as faixas exclusivas, como o Corredor Antonio Bezerra/Centro. Este será mais um benefício que será agregado às linhas a serem beneficiadas pelos programas anunciados.
Fonte: Site da Prefeitura de Fortaleza

Nenhum comentário:

Postar um comentário