quarta-feira, 16 de julho de 2014

Roberto Cláudio fala sobre Brics e Copa do Mundo

Em entrevista para a Rádio Verdes Mares AM, prefeito fez sua avaliação da Copa e da reunião do Brics e apresentou obras de mobilidade

Na manhã desta terça-feira (15/7), o prefeito de Fortaleza concedeu entrevista ao Programa Paulo Oliveira, na Rádio Verdes Mares AM. Em foco, a reunião do VI Conferência de Cúpula do Brics – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul e uma avaliação da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.
O prefeito falou também sobre obras de mobilidade, escolas de tempo integral e reformas de praças.
Brics
A conferência, que acontece nos dias 14 e 15 de julho, no Centro de Eventos, teve, em seu primeiro dia uma reunião com empresários brasileiros e estrangeiros. “Hoje grande parte dos empregos da indústria brasileira e mesmo do setor primário, agricultura e pecuária, decorrem de relações de comércio exterior e é muito importante que as pessoas conheçam melhor nossas potencialidades, onde o Brasil pode encontrar no mercado externo espaço para vender mais e vice-versa”, explica Roberto Cláudio. O prefeito apontou também o fórum como um momento histórico para a cidade, que acaba tendo a oportunidade de vender mais e dá às pessoas a oportunidade de conhecer as potencialidades do próprio estado. “São dias históricos para a cidade. De fato um momento de privilégio”, aponta.
Copa do Mundo
Para o prefeito, “sem dúvida essa Copa projetou o Brasil de uma maneira que o exterior não conhecia. Há muito desconhecimento sobre a infraestrutura brasileira. E é natural que muitas vezes as notícias que circulam passem uma imagem incompleta sobre o país. As pessoas não imaginavam que o Brasil tivesse aeroportos tão grandes, estradas tão largas e uma infraestrutura urbana adequada e
moderna em muitas cidades”. O balanço feito por Roberto Cláudio é que os turistas acabaram se impressionando com a estrutura do Brasil e com a receptividade dos brasileiros: “nós temos uma coisa muito verdadeira e que deu a graça no evento: somos um povo muito hospitaleiro por natureza, recebemos bem as pessoas, gostamos de festa, somos pacíficos. Eu acho que a soma dessa visão inesperado do país com a grande festa popular, deu aos turistas a vontade de voltar”, citando ainda uma pesquisa divulgada pelo Ministério do Turismo, que aponta que 95% dos turistas que vieram ao Brasil têm o desejo de voltar.
A repercussão calculada pelo prefeito é que por três a quatro anos Fortaleza colha frutos do turismo. “O mundo inteiro esteve olhando para a cidade, com as pessoas falando bem e isso dará oportunidade de fortalecer as políticas de turismo pelo menos por alguns anos”, aposta.
As avaliações nacionais identificam Fortaleza com uma das sedes mais bem organizadas, com um plano de mobilidade urbana, de trânsito e de segurança que funcionou bem. Roberto Cláudio acredita que, “apesar de termos feito o dever de casa, o grande diferencial dessa festa foi a participação popular, a confraternização de culturas, etnias. Foi uma grande festa feita pelo povo da cidade, que recebeu muito bem quem esteve aqui. Acho que nem o mais otimista dos otimistas esperava que a gente fosse tão bem”.
Fortaleza foi a terceira colocada entre as cidades-sede da Copa do Mundo em quesito infraestrutura, em avaliação feita pelos próprios moradores. A pesquisa, realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), se deve à boa avaliação dos estádios, dos hotéis e do setor turístico. Sobre isso, Roberto Cláudio explicou que “o grande desafio é a gente não colocar o pé no freio, continuar acelerando. Tivemos aí uma boa experiência concentrando esforços de limpeza, de pavimentação, de organização no trânsito, e a grande ideia é que a gente tenha isso como um legado, que a gente continue com essa concentração ao longo do ano”.
Obras mobilidade
Continuando com a ideia de manter o pé no acelerador, a Prefeitura agora começa a fazer operações concentradas nos bairros. No momento, acontece no bairro Conjunto Ceará uma grande operação conjunta de iluminação pública, capinação, limpeza e pavimentação. “De lá vamos para o Vila Velha, depois para o Conjunto Esperança e José Walter. Serão operações concentradas, aproveitando que passou a estação chuvosa, gastando, inclusive, o mesmo recurso mensal que estávamos gastando ao longo dos últimos meses”, explica.
Além disso, nas obras de mobilidade, já foi iniciado o entorno da avenida Raul Barbosa com Murilo Borges – as duas alças. “Já começamos também, antes da Copa, a primeira etapa da alça do túnel da Padre Antônio Tomás; até o final de julho devemos apresentar um plano de desvio de tráfego para entrar fazendo tudo da Padre Antônio Tomás, que é uma intervenção importante para tirar os sinais da Via Expressa. Começamos também as desapropriações, todas negociadas, do complexo da Parangaba”, aponta.
O prefeito completa que “com isso, todas as obras que a gente conseguiu garantir financiamento terão continuidade, com obras se iniciando até agosto desse ano. Iniciamos também ano passados dois viadutos, no cruzamento da avenida Engenheiro Santana Júnior com avenida Antônio Sales. Ali, já estamos com 70% da obra feita e a nossa expectativa é entregar a obra com os dois viadutos prontos até a primeira quinzena de outubro desse ano. Também começaremos no segundo semestre desse ano, dois corredores de ônibus. Um que envolve o alargamento da avenida Augusto dos Anjos e uma requalificação da avenida José Bastos, com canteiro central nessa última. Essa obra deve começar no segundo semestre desse ano. Há ainda outro corredor que é a avenidaFernandes Távora, que terá drenagem, novo pavimento, nova calçada; na avenida dos Expedicionários os ônibusandarão num corredor expresso. Todas essas obras viárias priorizam o transporte público, dando mais velocidade aos ônibus. Nesses corredores, serão usados ônibus sanfonados e com ar-condicionado, saindo do terminal do Antônio Bezerra até o Centro da cidade. Nessa primeira etapa, em outubro, a gente quer, até o final do ano, colocar eles caminhando pela Domingos Olímpio, Antônio Sales, até o terminal do Papicu”.
A prefeitura conseguiu também, em negociação com o Shopping Rio Mar, a continuação da duplicação da Sargento Hermínio até a avenida Doutor Theberge. Isso ocorrerá por meio da antecipação de IPTU por parte doshopping, sem custo para o município.
Binários
Roberto Cláudio explica que foi contratado uma equipe especializada para planejar mudanças como a do binário implantado nas avenidas Santos Dumont e Dom Luís. “A experiência foi tão importante e tão positiva, que a gente passou a ter indicadores para fazer avaliações. Agora vimos que o ônibus está andando muito mais rápido pelo binário, o tráfego está fluindo muito melhor, os pedestres estão andando com mais tranquilidade e segurança. Então, tanto pelo lado da segurança viária do pedestre e do ciclista, como também pela velocidade do veículo, o binário foi uma experiência de sucesso. Por isso, devemos apresentar por essa semana pelo menos outros três binários na cidade”, antecipa.
Praças
“Temos um pouco mais de 480 praças na cidade e nesse momento temos a intervenção em cerca de 120. Dessas, algumas já foram entregues e outras estão em licitação. Ou seja, de cada quatro, temos uma sendo objeto de intervenção”, calcula.
Escolas
O prefeito esclarece que, no dia 5 de julho último, com o esforço do governador Cid e da presidenta Dilma, o município conseguiu o empenho de mais 23 escolas de tempo integral, que devem ter ordem de serviço no segundo semestre. “Teremos então 29 escolas de tempo integral em obras em Fortaleza. Já temos seis funcionando e vamos adaptar, para o começo do próximo ano, mais seis escolas existentes. Nossa meta é chegar ao final da gestão com 41 escolas de tempo integral para os filhos dos trabalhadores. 12 adaptadas e 29 novas”,estabelece.
Outro compromisso da gestão são as creches. “Estamos com um pacote de 112 em obras e inauguramos cinco. Inauguraremos também creches que seguem um padrão do Governo Federal em diversos bairros; primeiro no José Walter, a segunda, no final de agosto, no Jangurussu e mais duas em setembro no Siqueira e no Conjunto Ceará”, finaliza.
Fonte: Site da Prefeitura de Fortaleza

Nenhum comentário:

Postar um comentário