domingo, 31 de agosto de 2014

[Coluna Economia e Mercado] Efeito Marina




Efeito Marina
As pesquisas de intenções de votos estão todas favoráveis a Marina Silva que já empata com a atual Presidenta Dilma Rousseff. As ações de empresas estatais como Petrobras e Banco do Brasil sobem de valor enquanto ao mesmo tempo que o governo está às voltas com um PIB fraco e recessão técnica. Já existem empresários que querem experimentar os novos ventos que estão começando a soprar.
Agora é a culpa da Copa
Veja como são as coisas, a Copa foi durante quatro anos a menina dos olhos do Governo Federal. Foi muito festejada porque iria criar empregos, atrair turistas e deixar obras para que transformariam as cidades. Agora ministro da Fazenda, Guido Mantega, culpa a redução de dias úteis por causa do torneio da Copa do Mundo pelo baixo desempenho da economia. Para economista o efeito da Copa é mínimo pois a desaceleração da economia já vem sendo sentido a algum tempo. A copa foi a cereja do bolo como afirmou um dos economistas ouvidos pelo Portal BBC Brasil.
Os entraves para o crescimento da economia
Continuando no tema o site G1 ouviu economista para entender o que acontece no Brasil e levantou os seguintes problemas: inflação elevada, juros altos, gastos públicos altos, carga tributária elevada, investimento baixo, estrutura tributária complexa, infraestrutura deficiente, burocracia, educação, corrupção, leis trabalhistas, comércio exterior, licenciamento ambiental. Destes qual é o relacionado com a Copa? A corrupção vista nas obras que muitas estão ai abandonadas nas cidades e entregue às baratas.
A Índia pode ultrapassar o Brasil até 2018 
A Índia pode ultrapassar o Brasil em tamanho de economia antes do previsto pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). O país asiático superaria a economia brasileira em 2018.  O Brasil é a sétima maior economia do mundo, enquanto a Índia figura na 10ª colocação, chegamos a se aproximar do sexto lugar e estamos ficando mais afastados e corremos o risco de perder esse patamar antes do previsto.
Chery inaugura fábrica no Brasil
Com um investimento de US$ 530 milhões e sem medo da crise, a Chery indústria chinesa inaugura sua fábrica em Jacareí, no Vale do Paraíba, no interior de São Paulo. A planta tem uma área construída de 400 mil metros quadrado e atualmente conta com 300 colaboradores. A capacidade de produção da fábrica é de 150.000 veículos. A Cery hoje conta com 67 concessionárias espalhadas pelo país podendo chegar a 100 até o final do ano.Além da fábrica de automóveis a Chery vai instalar uma fábrica de motores e um campo de provas.  Boa notícia nesses tempos de crise.

Nenhum comentário:

Postar um comentário