segunda-feira, 4 de agosto de 2014

“Operação Canta Galo” apreende animais em situação de maus tratos na AIS 11

A Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), por meio de ação integrada entre a Força Tática de Apoio (FTA) e Batalhão de Policiamento Comunitário (BPCOM), desarticulou uma “rinha de galo” que funcionava no Sítio Cabeceiras, zona rural da cidade de Barbalha, na Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) do Estado.

No local foram localizados 36 galos, uma balança digital, bolsas para transporte de animais, 50 gaiolas, material de primeiros socorros, além de três estruturas montadas como ringues, onde aconteciam os embates entre animais. Foram encontradas, ainda, esporas plásticas, biqueiras e braçadeiras numeradas.
No momento da abordagem policial os participantes da “rinha” fugiram. No entanto, duas pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil (DPC), em Juazeiro do Norte. Edson Sampaio Cardoso Filho (31) e Bernardo de Alencar Sampaio Rolim (32) foram autuados por maus tratos a animais, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais.
Os animais apreendidos no local foram entregues à PC, que fará o encaminhamento dos mesmos ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renovavéis (Ibama).


Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário