domingo, 28 de setembro de 2014

Marina: uma incógnita ?

Marina Silva , ligações com o Itaú e Eternit são uma uma  incógnita

Veja como são as coisas a imprensa internacional tem acusado Marina Silva de ligações com os Estados Unidos  dizendo que ela é de direita e que contaria com apoio de pessoas e querem derrubar a presidenta Dilma Rousseff  “criação de Washington para derrubar Dilma Rousseff” como diz o jornal francês L’Humanité – um dos principais jornais da esquerda francesa.

A simples proposta  de autonomia do Banco Central  pode indicar que Marina pode estar prestes a entregar o pais nas mãos de banqueiros, alias ela tem recebido muito apoio de bancos como o Banco Itaú Unibanco através de doações para a  Instituto Marina Silva, com doações de R$ 1 milhão no ano passado feita por Neca Setubal, que é uma das principais conselheiras da candidata do PSB e responsável por  82% do recursos obtidos no ano passado pelo Instituto Marina Silva.  O  Banco Itaú Unibanco foi responsável também pela estimativa  de 0,1% de crescimento enviada aos clientes e seu Roberto Setubal declarou voto pela "mudança", referindo-se a Marina Silva.

Ligações com telhas de amianto

Em outra reportagem Marina Silva é ligada ao empresário Stephan Schmidheiny dono da Eternit acusado de contaminar vários países do planeta com produtos feitos com cimento amianto, Marina é contrada pela sua fundação a Avina para dar palestras de meio ambiente. 

Como vemos a candidata Marina Silva tem ligações com grandes empresários, o que é normal se não fosse por ideias tão diferentes entre si. O que estará por trás disso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário