segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

[Coluna Falando S/A] Olho do Dono


Nova Coluna Falando S.A.

Olho do dono
Cândido Pinheiro sócio majoritário do Grupo Hapvida tem o hábito de examinar das duas às cinco horas da madrugada detalhadamente, cada evento de cada centro de custo de sua organização do hospital. Um consultor de empresas diz ao Blog do Egídio Serpa: "Eis a razão de o Hapvida ser hoje uma das corporações mais capitalizadas do País". 

Menos arrecadação
O grande responsável pela queda na arrecadação federal de janeiro a novembro foi a ampliação dos setores beneficiados com desonerações, que fizeram o governo arrecadar R$ 22,815 bilhões a menos que em 2013. A redução de tributos, no entanto, está ligada a mudanças na lei (fatores legislativos), não a fatores econômicos, como a menor lucratividade das empresas em um ano de baixo
crescimento da produção e do consumo. De janeiro a novembro, a arrecadação de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), tributos ligados ao lucro das empresas, caiu 2,58% (R$ 4,785 bilhões) em relação ao mesmo período de 2013.(Agência Brasil).

Bom ano para a Aço Cearense
O ano de 2014 foi de crescimento e evolução para o Grupo Aço Cearense, que leva no nome o estado de origem e conta com clientes em todo o País. Neste ano, conquistou melhores posições nas listas das maiores empresas em dois dos mais respeitados rankings de veículos econômicos do Brasil, Valor Econômico e Revista Exame. O faturamento esperado para 2014, de R$ 2,6 bilhões, é 4% maior que o de 2013. Além disso, o Grupo conseguiu aumentar sua rede de clientes e expandir a comercialização para novas áreas. É líder do setor de aço nas regiões Norte e Nordeste e, em 2014, prevê entregar 960 mil toneladas de aço.(Blog do Macario).

Empresários estão otimistas com Camilo Santana
Os empresários estão otimistas com a chegada de Camilo Santana ao governo. Eles destacam o diálogo como sendo um dos pontos fortes de sua personalidade.Conhecer bem as áreas de agricultura e infraestrutura facilita a  empreitada.Os empresários esperam que ele continue o tempo de progresso dos últimos anos. (Diário do Nordeste).


Nenhum comentário:

Postar um comentário