segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

[Coluna Falando S/A] Sentimento de missão cumprida

Nova Coluna Falando S.A.


Sentimento de missão cumprida
Em seu programa de ontem, o Professor Marins trouxe um tema muito importante para o dia a dia das empresas. Ele falou que a empresa tem que dar condições aos colaboradores de se sentirem parte da empresa e que realmente estão fazendo algo de útil para o futuro, ou seja ter uma missão. Além disso querem ter um sentimento de empregabilidade, as pessoas querem sentir que não apenas uma engrenagem da empresa. As pessoas querem ser desafiadas, não querem a rotina e sim querem ter a sensação de missão cumprida. E em grande parte das vezes não trabalham apenas pelo salário
Liderança forte
As pessoas querem chefes leais e decididos. As empresas e líderes devem entender que não deve haver diferença entre discurso e prática. As empresas devem fazer com que as pessoas cresçam junto com ela e os lideres tem um grande papel nesse processo. Igualmente os colegas querem trabalhar com pessoas que elas posam confiar.
O retorno ao acionista é consequência
As pessoas querem fazer bem aos outros, atender bem, dar sensação de acolhimento as pessoas. É muito ruim quando as pessoas trabalham em empresas desorganizada, que tentam enganar as pessoas
e engana-los. O bom atendimento aos clientes aparece quando as empresas investem em qualidade, os processos funcionam bem quando há respeito, transparência e honestidade. Quando a empresa respeita seus funcionários o retorno ao acionista é consequência
Lazaro Brandão prepara a sucessão no Bradesco
Segundo reportagem da Revista Exame Luiz Carlos Trabuco, o presidente do Bradesco está sendo preparado para ocupar o lugar Lazaro Brandão, 88 anos no Conselho de Administração do Bradesco. Este teria sido o motivo pelo qual ele não aceitou o cargo de Ministro da Fazenda. Conforme estatuto do Bradesco um presidente executivo pode ficar no cargo até os 67 anos de idade, daí para frente ele terá que ir para o Conselho de Administração.
O Bradesco é uma instituição conservadora
Todos os executivos do Bradesco têm muitos anos de casa e são treinados ao longo desse tempo. Uma das maiores curiosidades é que a diretoria trabalha todos na mesma sala, no passado chegou a ser todos na mesma mesa. Segundo o modelo de gestão seguido pelo Bradesco isso faz com que as decisões ficam mais ágeis. Todos executivos chegam ao trabalho 7 horas da manhã, almoçam no banco, tiram férias em 2 períodos e têm hobbies discretos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário