segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Cresce assassinato de mulheres no CE

Diário do Nordeste 

Número oficial ainda não foi divulgado, mas estatística já revela cerca de 24% mais mortes do que em 2013

(Fortaleza) 05/01/2015 - Apesar da criação da ‘Lei Maria da Penha’, vigente há oito anos, centenas de mulheres continuam sendo mortas no Ceará. Esses crimes poderiam ser evitados, já que o número de denúncias contra agressões e ameaças também tem aumentado.


Conforme dados ainda não consolidados da SSPDS, até o fim de 2014, ao menos 266 mulheres foram assassinadas em todo o Estado. O número supera a marca do ano de 2013, em que 214 vítimas registradas. Diariamente, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza recebe, em média, 100 denúncias. Em contrapartida, segundo a SSPDS, o número de registros de violência com base na Lei Maria da Penha caiu 5,1% neste ano em relação a 2013.

As pesquisas do Observem dão conta de que o Ceará ocupa, atualmente, o 6º lugar entre os estados onde mais morrem mulheres no País. No Nordeste, fica em 3º lugar.

Leia a reportagem completa Cresce assassinato de mulheres no CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário