sábado, 31 de janeiro de 2015

SSPDS se reúne com Etufor e Sindiônibus para discutir ações de segurança

Google imagens

 

São 180 ônibus abordados por dia nas nove AISs que compõem a Capital e Região Metropolitana.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) se reuniu, hoje (29), com representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), na sede da Secretaria, para tratar de assuntos relacionados à segurança em ônibus e
terminais. Durante a reunião, foram abordados assuntos sobre estratégias de segurança, sugestões para melhorar a segurança nos transportes públicos da Capital e a Operação Coletivo Seguro, que vem resultando na diminuição dos índices de assaltos em coletivos em Fortaleza.

Operação Coletivo Seguro

É uma iniciativa que integra a Polícia Militar (PM) e Polícia Civil (PC) no combate a assaltos e práticas criminosas no interior de ônibus, micro-ônibus e vans que circulam diariamente pelas seis Áreas Integradas de Segurança (AIS) da Capital e também na Região Metropolitana de Fortaleza.
A estratégia da Operação Coletivo Seguro, que teve início em fevereiro de 2014, prevê ações que abrangem, desde abordagens a revistas pessoais de passageiros, além de um trabalho de inteligência com policiais dentro dos coletivos e vans.

Após a intensificação das abordagens, iniciada nesta semana, são 180 ônibus abordados por dia nas nove AISs que compõem a Capital e Região Metropolitana. Policiais militares e civis, além de servidores da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol), estão à frente das ações, que se desdobrarão pelas principais vias de circulação de cada AIS e por todos os terminais de ônibus da Capital, tendo como parâmetro, também, as incidências de crimes em cada uma delas. O levantamento dessas ações criminosas é feito com base nas estatísticas oficiais da SSPDS e em informações repassadas pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e Sindicato dos Permissionários do Transporte Complementar de Fortaleza e Região Metropolitana (Sindivans), parceiros da iniciativa.

Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário