sexta-feira, 1 de maio de 2015

Quantas categorias profissionais sobreviverão a terceirização?


 Quantas categorias profissionais sobrevivero a terceirizao
JusBrasil
PL 4330

O projeto de lei que regulamenta e expande a terceirização no país (PL 4330/2004) não foi remetido ao Senado nesta segunda-feira (27), ao contrário do que era esperado. O texto final aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada ainda aguarda a finalização de procedimentos institucionais.

O famigerado Projeto de Lei 4330, na prática, acaba com os mais importante direitos contidos na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). É um golpe, uma reforma trabalhista travestida de regulamentação da terceirização, um massacre contra os trabalhadores e um artifício para aumentar os lucros das empresas. Saiba por quê.
Permite a extinção de categorias inteiras – O PL 4330 autoriza a terceirização indiscriminada, não apenas nas atividades-meio, mas também nas atividades-fim (aquelas inerentes ao objetivo principal de uma determinada empresa). Com isto, categorias inteiras podem ser extintas e substituídas por terceirizadas, que pagarão menores salários e menos direitos.

Leia + Quantas categorias profissionais sobreviverão a terceirização? 


Opinião do Blog

Quero aqui dar minha contribuição direta e simples. Os empresários também podem sair perdendo nessa história porque a tecnologia de como fazer vai estar na mão de poucas empresas ou até mesmo de empresas terceirizadas estrangeiras. Com isso as empresas estarão refém de poucas pessoas ou grupos que começarão a explorar os trabalhadores e empresários.

Como sempre teremos a transferência de capital ou para fora do Brasil ou a concentração deste na mão de grupos políticos. É preciso uma melhor discussão sobre esse projeto. Trabalhadores e Empresários abram o olho, a terceirização do modo que esta ai é um tiro no pé do mundo corporativo pois não haverá mais diferencial competitivo nem para  o empregado e nem para o empresário.

Não terceirize esta luta! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário