sábado, 13 de junho de 2015

Preso em flagrante suspeito da morte de policial civil

 Maria Gorete de Oliveira era policial civil há 29 anos, é o segundo policial civil assassinado esta semana

(Fortaleza) Em uma ação rápida, policiais civis e militares, juntamente com policiais da Coordenadoria de Inteligência da SSPDS, capturaram o homem suspeito de assassinar a policial civil Maria Gorete de Oliveira (51), no início da manhã desta sexta-feira (12), no Parque Manibura.

O homem identificado como Francisco José Ferreira Filho (24), que já responde por porte ilegal de arma de fogo e crime de trânsito, foi capturado horas após o crime em sua residência, na Comunidade do Muro Alto, no bairro Sapiranga, ainda na AIS 4. No local, a Polícia apreendeu uma pistola calibre 9 milímetros, provavelmente utilizada na ação.
O crime

A morte ocorreu no início da manhã de ontem, por volta das seis horas, no cruzamento das Ruas Júlio Rocha e José Leon, no Parque Manibura. A policial civil se dirigia para o trabalho quando foi surpreendida pelo criminoso, que atirou contra o seu veículo. Logo após o fato, policiais civis e militares se reuniram e passaram a realizar diligências para identificar o suspeito que, em seguida, foi localizado.

As investigações indicaram que, após atirar na policial civil, Francisco José roubou um veículo Gol vermelho e empreendeu fuga. O mesmo abandonou o automóvel em um posto de combustível na Av. Oliveira Paiva, onde trocou de roupa. Imagens de câmeras de segurança instaladas nas proximidades de onde ocorreu o crime e da casa do acusado ajudaram a Policia a identificar o suspeito.

Velório e sepultamento

O velório de Maria Gorete ocorreu durante o dia de hoje no Cemitério Parque da Paz, em Fortaleza. O sepultamento está previsto para hoje (13), às 9 horas, no mesmo local.

A profissional

Maria Gorete de Oliveira era policial civil há 29 anos. Atualmente, estava lotada na Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, onde atuava desde 2007. Antes, prestou serviço no 4º Distrito Policial, em Fortaleza, na Delegacia de Defesa da Mulher de Sobral, nas delegacias do Crato, Iguatu, Icó e no Departamento de Recursos Humanos da Instituição.

Fonte: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário