sábado, 4 de julho de 2015

MP apura racismo e injúria contra apresentadora do tempo da TV Globo

Imagem para o resultado de notícias
Google Imagens
Racismo
Os ministérios públicos (MP) dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo se pronunciaram nesta sexta-feira (3) a respeito das ofensas sofridas em rede social pela apresentadora da Rede Globo, Maria Júlia Coutinho.

De acordo com o MP-RJ, ontem (02), a produção do Jornal Nacional publicou uma foto da apresentadora que faz a previsão do tempo. “Desde então, diversas mensagens ofensivas e de conteúdo racista têm sido direcionadas à repórter”, diz o texto.

O MP paulista ressalta que “caso de racismo é crime imprescritível e inafiançável. Já a injúria racial prevê pena de reclusão de um a três anos”. Diante dos comentários, internautas postaram mensagens de apoio à apresentadora em diferentes redes sociais. Na internet, a expressão "Somos Todos Maju" ganhou todas as redes sociais.

Com informações da Agência Brasil e G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário