sábado, 15 de agosto de 2015

Começa o Cervejão: Sr. Itapava na mira


Resultado de imagem para itaipava

Investigação aponta ligação da Cervejaria Itaipava com o PT. A cervejaria cresceu depois que Walter Faria ficou amigo de Lula.

Reportagem da Revista Isto É desta semana traz a ligação do Petrolão com o empresario Walter Faria dono da Cervejaria Petrópolis e amigo do ex-presidente Lula, se tornou um dos principais financiadores das eleições de Dilma e do PT depois de receber propinas do esquema que desviou bilhões da Petrobras.

Documentos obtidos por ISTOÉ mostram pela primeira vez desde o início das investigações o envolvimento de um empresário que nada tem a ver com empreiteiras ou com o setor de óleo e gás como beneficiário do Petrolão.


Para a conta da então candidata Dilma Rousseff foram remetidos R$ 17,5 milhões em um intervalo de apenas cinco dias, entre 29 de setembro e 3 de outubro. São valores que fizeram da cervejaria sediada em Boituva (SP) a quarta maior financiadora da campanha da presidente, com R$ 10 milhões a mais do que foi doado pela Ambev, a gigante do setor de bebidas.

Até 2005, Faria era visto como um grande sonegador. Detinha apenas 2% do mercado cervejeiro. Depois que se aproximou do ex-presidente Lula e passou a receber propinas do Petrolão, a Cervejaria Petrópolis ganhou rápida musculatura. Um relatório elaborado pela consultoria inglesa Plato Logic’s registra que a Itaipava, principal marca do grupo, é a quarta cerveja do mundo com maior crescimento no mercado entre 2005 e 2010. 

Conforme a reportagem assim que terminar essa fase da Operação Lava Jato começa a investigação de mais essa ramificação do dinheiro. Pelo que parece o esquema de corrupção esta muito além da Petrobras.  



Nenhum comentário:

Postar um comentário