domingo, 23 de agosto de 2015

Presidente do Itaú disse que não há motivos para Dilma renunciar


 Resultado de imagem para roberto setubal

Para o presidente do Banco Itaú Unibanco não há motivo para tirar Dilma Rousseff do governo. Para ele, "não tem cabimento" que aconteça um impeachment por corrupção. O banqueiro Roberto Setubal, presidente do Itaú Unibanco diz que não é momento para o impeachment  da presidenta. 


Em trechos da entrevista que concedeu a Folha de São Paulo Setubal disse que Joaquim Levy não pode fazer tudo sozinho pois precisa de apoio da Câmara e de Dilma Rousseff.Disse também que a Operação Lava Jato é um marco para o pais pois gracas a ela os responsáveis por crimes de corupção estão pagando pelo seu crime.

Em outros trechos da entrevista Setubal diz que as pedaladas fiscais foram usadas por outros governos também e que os culpados devem ser punido e não a Presidenta. O banqueiro falou ainda que no Brasil deve haver reformas e uma dessa é a trabalhista  pois acha que no Brasil há muitas leis nessa área e isso impede que as leis sejam cumpridas nos detalhes gerando assim milhões de ações trabalhistas.

Setubal falou ainda sobre a compra do HSBC dizendo que a estratégia principal do banco não é crescer em números de agencias e sim em tecnologia ao cliente. O Banqueiro disse também que o banco investe na sua expansão na  América Latina.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário