domingo, 15 de novembro de 2015

Correios na UTI

Resultado de imagem para correios
Será o primeiro prejuízo em 20 anos


(Brasília - 12/11/2015) A empresa dos Correios esta na UTI e vai amargar um prejuízo em 2015 de R$ 900 milhões nas contas em 2015. A revelação é do novo presidente da empresa Giovanni Queiroz, que comparou a empresa a um paciente de UTI que precisa primeiro estancar um sangramento.


Para ele os Correios estão com serviços e produtos defasados e com ritmo de aumento de despesas superior ao das receitas. O novo presidente diz que não houve
diminuição no número de postagens de cartas, mas a tendência é que a internet substitua a correspondência impressa. Outro problema identificado por ele é o prazo de dez dias para a entrega de um Sedex, demora nas filas e estrutura das agências além de que o preço das tarifas ficou congelado por dois anos 
A primeira medida de Queiroz foi sugerir ao governo o corte do próprio salário e dos vices para um pouco mais da metade.

Com informações da Folha Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário