domingo, 1 de novembro de 2015

Em jogo com paralisação, Ceará supera o Mogi Mirim com gols de Ricardinho

 Esportes
Ricardinho, Baraka e Siloé foram decisivos para que o Vozão conseguisse vencer em Mogi Mirim/SP
Foto: Site do Clube
Na tarde deste sábado, 31/10, o time do Vozão foi até a cidade de Mogi Mirim/SP para encarar os donos da casa, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2015. O duelo diante do Mogi Mirim foi bem equilibrado, no entanto a equipe alvinegra mostrou mais força ofensiva e conseguiu seus gols em jogadas individuais de Baraka e Siloé, que sofreram dois pênaltis. Ricardinho assumiu a responsabilidade e marcou os dois gols em
duas ótimas cobranças. O resultado deixou o Mais Querido com 35 pontos na tabela e mais perto do objetivo, que é sair da zona de rebaixamento.

O jogo começou com o Vozão arriscando logo no primeiro minuto, quando Ricardinho chutou de fora da área e mandou para. Depois disso, Dunguinha arriscou de longe e obrigou o goleiro Éverson a fazer boa defesa. Depois disso, Siloé e Ricardinho ainda tiveram duas boas chances, mas não acertaram o alvo.

O goleiro Éverson ainda foi exigido em outros dois lances, quando Everaldo tentou em duas oportunidades, mas parou nas mãos do camisa 1 alvinegro. A melhor chance do Ceará surgiu aos 23 minutos, quando Siloé recebeu cruzamento de Ricardinho e cabeceou na pequena área, no entanto a bola saiu pelo lado direito do gol de Daniel.

Depois dos 30 minutos, Ricardinho e Wescley tiveram mais duas boas chances, mas mandaram pela linha de fundo. A resposta do time paulista veio em cobrança de falta de Marlon, porém, bem posicionado, o goleiro Éverson trabalhou bem e espalmou, mandando o perigo para longe. Nos minutos finais, a partida ficou sem emoções e o apito aos 47 minutos decretou o 0 x 0 no placar da etapa inicial.

O Ceará voltou melhor no segundo tempo e quase abriu o placar em cobrança de falta de Ricardinho, que obrigou o goleiro Daniel a fazer grande defesa, porém o volante Baraka pegou o rebote, fez boa jogada e sofreu o pênalti. Ricardinho foi para a cobrança e mandou no canto direito do goleiro, que nada pôde fazer.

Depois do gol, os dois times pouco atacaram. O Mogi Mirim só reagiu aos 20 minutos, quando Marlon chutou forte e obrigou o goleiro alvinegro a fazer boa defesa. Com 21 minutos e meio, a partida foi paralisada por problemas de iluminação no Estádio Romildão. Os atletas esperaram quase 40 minutos para a resolução do problema.

Quando a partida foi reiniciada, o atacante Siloé se mostrou ligado e fez ótima jogada aos 23 minutos, quando deixou dois marcadores para trás e foi derrubado na área, sofrendo nova penalidade máxima. Desta vez, Ricardinho mudou o lado da cobrança, mas acertou novamente, fazendo 2 x 0. Depois do gol, Alex Amado deu lugar a Fabinho.

O 2 x 0 levou desespero ao time paulista, que estava sendo rebaixado à Série C. A equipe se lançou ao ataque e até assustou em lances de Franco e Thomas Anderson, que não conseguiram diminui. Aos 38 minutos, em contra-ataque, Siloé ganhou do adversário e tocou para Fabinho, que não conseguiu acertar o gol e desperdiçou. Depois disso, Siloé e Wescley saíram para as entradas de Bernardo e Gilvan, respectivamente.

Sem tempo para mais nada, o Vovô só administrou o resultado e conseguiu a sua terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro Série B 2015, chegando bem perto de sair as zona de rebaixamento. A diferença de pontos para o Macaé, 16ª colocado, passou a ser de três pontos. Agora, o Vovô volta para casa amanhã à tarde e se reapresenta na segunda-feira, 02/10, visando o jogo diante do ABC de Natal, que será no Estádio Presidente Vargas (PV).

Nenhum comentário:

Postar um comentário