sábado, 5 de dezembro de 2015

Geração "nem, nem, nem" agora corre atrás de trabalho


 Resultado de imagem para geração "nem, nem, nem" agora corre atrás de trabalho

Enquanto os “nem, nem, nem” se concentram na parcela pobre da população, outro fenômeno ocorre no extremo social oposto: os “cangurus”, jovens adultos que adiam a saída da casa dos pais.

Parcela de jovens que nem estuda, nem trabalha, nem procura emprego está diminuindo diante da recessão que a economia brasileira vive há três trimestres. Procura por emprego é principal fator de redução

Com a economia estagnada e a piora do mercado de trabalho, a proporção de jovens “nem, nem, nem” (“nem estuda, nem trabalha, nem procura emprego”) encolheu pela primeira vez em cinco anos.

No ano passado, 6,8 milhões de jovens compunham o contingente de “nem, nem, nem” no País, o que representava 13,9% das pessoas de 15 a 29 anos.

Leia mais no O Povo On line

Nenhum comentário:

Postar um comentário