sexta-feira, 25 de março de 2016

Alta do desemprego leva ao empreendedorismo por necessidade


Empreendedor, Iniciar, Foguete

 Aumento do desemprego
(Rio de Janeiro- 24-03-2016) O desemprego esta aumentando no Brasil. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou informações que revelam a taxa de desocupação no país, no trimestre encerrado em janeiro deste ano ficou em 9,5%.

A situação piorou e segundo o IBGE a população desocupada e Janeiro era de 9,6 milhões de pessoas, um crescimento de 6% (mais 545 mil pessoas) em relação ao trimestre de agosto a outubro do ano passado.


Com relação aos trabalhadores por conta própria houve aumento de 2,8% em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2015 (622 mil pessoas)um reflexo da crise que vem fechando empresas por todo o Brasil. Os setores mais afetados foram a indústria que retraiu 8,5% e as atividades como informação, comunicação, financeiras, imobiliárias profissionais e administrativas a retração foi de 7,7%  um índice muito alto justificado pela queda na economia. O rendimento médio do brasileiro   ficou em R$ 1.939, apresentando estabilidade frente ao trimestre de agosto a outubro do ano passado, quando a média móvel havia sido de R$ 1.948 pelo menos quem esta empregado vem mantendo o salário.

Com relação aos trabalhadores por conta própria houve aumento de 2,8% em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2015 (622 mil pessoas) o que comprova que muitas pessoas estão partindo para o empreendedorismo por necessidade. Conforme informações do Portal do Empreendedor o numero de micro empreendedores cresceu 20% em janeiro uma prova de que o desemprego tem levado a muitas pessoas ao sonho do negócio próprio. O estado conta hoje com mais de 192.000 micro empreendedores.

Pedro Paulo Morales com informações da Agência Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário