quarta-feira, 2 de março de 2016

Motoristas profissionais farão teste do cabelo para detecção de drogas


 São Paulo - Funcionários da Companhia de Engenharia de Tráfego orientam motoristas após acidente que comprometeu as estruturas do Viaduto Santo Amaro (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Os motoristas profissionais de todo o Brasil terão, a partir de hoje (2), que fazer exames toxicológicos de larga janela de detecção, em cumprimento à deliberação 145, de dezembro de 2015, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Conhecido como teste do cabelo, esse exame permite identificar o uso de drogas por um período de, pelo menos, 90 dias antes da coleta.

O exame toxicológico de larga janela vale apenas para motoristas profissionais nas categorias C, D e E e será exigido em quatro situações: renovação da carteira, mudança de categoria, admissão e desligamento da empresa. Como o custo do exame apresenta média de R$ 300 a R$ 350. No caso dos autônomos, o custo deve ser bancado pelo próprio motorista profissional.

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário