domingo, 27 de março de 2016

STF desarquiva ações contra ex-ministros do governo FHC


Resultado de imagem para bamerindus

(Brasília) Parece que as coisas estão mudando no Brasil. A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na sessão feita no dia 15 de março pela retomada de duas ações de improbidade administrativa contra os ex-ministros do governo Fernando Henrique Cardoso, Pedro
Malan (Fazenda), José Serra (Planejamento) e Pedro Parente (Casa Civil), além de ex-dirigentes do Banco Central.

Em uma das ações desarquivadas , o Ministério Público pede a responsabilização dos ministros pelas operações financeiras de aproximadamente R$ 3 bilhões, feitas pelo Banco Central, em 1994, para socorrer instituições bancárias com dificuldades financeiras, entre elas os bancos Econômico e Bamerindus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário