sexta-feira, 29 de abril de 2016

MTST articula novas manifestações contra o impeachment

A BR-116 foi fechada pelos manifestantes do MST na manhã de hoje
Foto
Ceará News 7

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) planeja um dia nacional de mobilizações antes da votação final do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff no Senado. Além da interrupção do tráfego em avenidas e rodovias de grandes cidades, apoiadores do governo planejam paralisações em locais de trabalho.

Os sem-teto fizeram manifestações em várias cidades contra o afastamento de Dilma. Na capital paulista, foram promovidos vários bloqueios ao tráfego de veículos em vias de grande circulação e também em rodovias de estado, totalizando 11 pontos.

Manhã de transtornos em Fortaleza

Integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST), agentes penitenciários e professores estaduais saíram às ruas da cidade para chamara  a atenção da população para suas demandas.
A BR-116, na altura do Hospital do Coração, em Messejana onde queimaram pneus e interditaram completamente o tráfego de veículos durante horas. Na Avenida  José Bastos, no bairro Demócrito Rocha, em frente à sede local do Instituto Nacional de Reforma Agrária (Incra),  foram “fechadas” por ativistas do MST, que protestam politicamente contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Os agentes penitenciários  fizeram uma caminhada entre a Praça da Imprensa e a sede da Assembleia Legislativa do Estado, na Avenida Desembargador Moreira, no bairro Dionísio Torres. A classe denuncia o caos do Sistema Penitenciário, a baixa remuneração e as ameaças de criminosos aos profissionais.

Os professores estaduais também saíram às ruas da cidade para chamara a atenção da população para suas demandas. 

Com informações da Agência Brasil e Ceará News 7

Nenhum comentário:

Postar um comentário