sábado, 28 de maio de 2016

No Rio de Janeiro adolescente é vitima de 33 homens

O caso da menina estuprada por mais de trinta homens em uma comunidade do Rio de Janeiro mostra a quanto anda a insanidade de nossa população. 

Em depoimento à polícia, a adolescente contou que foi visitar o namorado em uma casa no alto da comunidade que era usada por homens ligados ao tráfico de drogas na região. Imagens postadas pelos
supostos agressores no Twitter geraram indignação ao mostrarem a menina desacordada com órgãos genitais expostos. No vídeo, um homem admite: “uns 30 caras passaram por ela”.

A policia tem o dever se identificar esses homens que fizeram essa barbaridade  com essa garota de 16 anos inclusive a  ONU Mulheres Brasil divulgou, hoje (26), nota em que se solidariza com as jovens do Rio de Janeiro e do Piauí que foram vítimas de estupros coletivo.

A justiça brasileira tem que criar meios para conter esse tipo de crime violento e a sociedade tem que tomar uma atitude o quanto antes pois uma pesquisa divulgada pela organização internacional de combate à pobreza ActionAid nesta sexta-feira (20) mostra que 86% das mulheres brasileiras ouvidas sofreram assédio em público em suas cidades Segundo a Revista Isto é  uma mulher é estuprada no Brasil a cada 11 minutos, segundo estatística recolhida pela FBSP. Como apenas de 30% a 35% dos casos são registrados.

A vítima do estupro coletivo foi levada na manhã de ontem (26) para o setor de ginecologia do Hospital Maternidade Maria Amélia, no centro do Rio, onde fez exames e tomou medicamentos para evitar doenças sexualmente transmissíveis e Aids.

Com informações da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário