segunda-feira, 27 de junho de 2016

Presos envolvidos em desvio de fundos de pensão

Desvios de recursos dos fundos de pensão Petros (da Petrobras) e Postalis (dos Correios) podem chegar a R$ 90 milhões. A PF prendeu Adilson Florêncio da Costa, ex-diretor financeiro do Postalis, Roberto Roland Rodrigues da Silva Jr.,e o ex dono da instituição Paulo César Prado Ferreira da Gama.

O  mais lamentável é que o esquema foi montado pela Galileo Educacional, que embolsou cerca de R$ 100 milhões por meio da venda de debêntures (títulos mobiliários), com o pretexto de recuperar a Universidade Gama Filho, no Rio. O Grupo Galileo quebrou e cerca de R$ 90 milhões evaporaram . Hoje a instituição deve cera de R$ 1,5 bilhão e esta com falência decretada

Nenhum comentário:

Postar um comentário