sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Plataforma de aulas particulares online chega ao Brasil e compra site concorrente


 Superprof promove o intercâmbio de saberes.


A startup Superprof, criada na França em 2013, chegou ao Brasil em março e propõe uma maior facilidade no contato entre professores particulares e alunos que procuram por aulas. Visando se estabelecer no setor das aulas particulares, o Superprof comprou o concorrente GoAulas, um dos mais fortes do mercado.

A plataforma de aulas particulares Superprof, que facilita o contato entre professores particulares e alunos, realizou a compra do concorrente Go Aulas, um dos líderes do mercado brasileiro. Com a aquisição o Superprof se firma como uma das Startups mais promissoras do Brasil neste setor para os próximos anos.

O mercado do ensino a distância no Brasil conta com diversas plataformas online que propõem aulas particulares. No entanto, várias delas oferecem apenas o serviço de aulas online e não de colocar em contato os professores e alunos que desejam ter aulas particulares fora do ambiente virtual. O Superprof, por sua vez, chega ao país visando facilitar o estabelecimento de contato entre ambas as partes, seja para aulas online via webcam, como também presenciais na casa do aluno ou do professor.

O Superprof é uma Startup fundada na França em 2013 e que está presente em mais 11 nações da Europa e América do Norte, sendo o líder do mercado em vários destes países. A plataforma chegou ao Brasil em sua nova versão no início de 2016, conta com milhares de professores e tem recebido centenas de inscrições por dia. Avançando a passos largos, o site já demarcou seu lugar na corrida pela liderança do setor da educação e ensino digital.

O Superprof consiste num espaço online no qual os mais de 15 mil professores particulares cadastrados até o momento podem publicar gratuitamente seus anúncios em mais de 500 disciplinas. Além das matérias de reforço escolar e idiomas, os tutores que desejam ensinar disciplinas ligadas à arte, informática, esportes, e música também podem publicar seus anúncios. 

Fonte: www.dino.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário