sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Décimo terceiro salário injetará R$ 197 bi na economia

Maior valor médio será pago no DF, R$ 4.230,00
O pagamento de décimo terceiro salário vai injetar na economia R$ 197 bilhões neste ano, valor equivalente a 3% do Produto Interno Bruto (PIB). Os dados são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e foram divulgados nesta quinta-feira (27).

De acordo com a pesquisa, cerca de 84 milhões de brasileiros serão beneficiados com um rendimento adicional, em média, de R$ 2.192,00. Das pessoas que receberão o décimo terceiro,
aproximadamente 33,6 milhões, ou 39,9% do total, são aposentados ou pensionistas da Previdência Social.

Os empregados formais (com carteira assinada) representam 49,5 milhões de pessoas (quase 60% dos que vão receber esse salário extra). Já os empregados domésticos com carteira de trabalho assinada somam 2 milhões.

Comparando com 2015, quando foi pago R$ 182 bilhões, houve um crescimento de 8,2%, o que significaria aumento de 0,6% acima da inflação prevista para 2016.

13º Salário por região do País
A maior parcela desses recursos devem ficar no Sudeste (50,9%), região que concentra o maior número de trabalhadores, aposentados e pensionistas.

O maior valor médio para o décimo terceiro deve ser pago no Distrito Federal (R$ 4.230) e o menor, no Maranhão e no Piauí, estados com média próxima a R$ 1.450,00.
Essas médias, porém, não incluem o pessoal aposentado pelo regime próprio dos estados e dos municípios, cujo quantitativo não foi possível obter.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Dieese

Nenhum comentário:

Postar um comentário