segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Novo modelo de transporte de servidores pode gerar economia de R$ 20 milhões


Táxi, Auto, Estrada, Dirigir, Escudo

 ECONOMIA DE GASTOS
O governo federal pretende economizar, em 2017, R$ 20 milhões com o serviço de transporte de servidores públicos federais durante o serviço no Distrito Federal. 

Atualmente são gastos R$ 32 milhões ao ano com a terceirização desse tipo de serviço, valor que deverá ser reduzido para R$ 12,7 milhões, segundo as estimativas projetadas. 


Na prática, esse novo modelo de transporte será similar ao usado pelo Uber, com as solicitações sendo feitas a partir de um aplicativo.

De acordo com o Ministério do Planejamento, a partir de agora o serviço será centralizado por intermédio de um único contrato  que reduzirá despesas desnecessárias – entre elas os custos com veículos e motoristas ociosos. Dessa forma, os carros alugados serão substituídos por táxis, e o pagamento será feito levando em conta o quilômetro percorrido e o tempo de utilizado.

Com informações da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário