terça-feira, 28 de março de 2017

Empreendedora cria buscador para aproximar consumidoras e marcas de moda

Por meio de uma tecnologia similar à utilizada pelo Google, o buscador Paraíso Feminino indexa, automaticamente, todos os itens de um e-commerce. O resultado é uma economia de 2 horas na busca pelo melhor produto, com o melhor preço.

“Praticamente tudo que se pode acessar no e-commerce do cliente, pode ser acessado no Paraíso Feminino”, afirma Rachel Toyama, que criou o buscador em 2010, para facilitar a própria vida: “eu queria diminuir o tempo de procura online para encontrar o melhor produto e otimizar a comparação de preços”, explica a gestora. O negócio deu certo: somente em 2016, as marcas parceiras atingiram mais de 5 milhões em vendas.


O mercado de buscadores veio preencher uma lacuna do consumidor: “passagens aéreas, quartos de hotel, muitos produtos hoje são encontrados por meio de buscadores, que permitem, em pouco tempo, comparar e encontrar os melhores preços e promoções”, lembra Rachel. O Paraíso Feminino nasceu utilizando indexação manual de produtos, o que era lento e ainda dependia dos clientes para envio de informações: “nós queríamos ser os maiores”, explica Rachel ”e, por isso, tínhamos que ganhar em autonomia e escala”. Por isso, ao invés do XML, nós optamos pelo Crawler, desenvolvemos um script “robô” que navega no site do anunciante e vai capturando automaticamente todos os produtos e indexando-os ao site do Paraíso Feminino. O resultado? O buscador aumentou 53 vezes sua base de dados em um ano.

Rachel explica que o Paraíso Feminino ganhou independência e agilidade: “hoje, nenhuma atualização feita em nosso site, tanto para captura de novos produtos quanto para verificação de alteração de preços, depende do anunciante. Nós usamos todos os conceitos de startup para escalar nosso crescimento”. E as consumidoras, o que ganham? “São 3.000 marcas e até o final do ano, serão indexadas mais 500 ao portal, que tem entre outras marcas Carmen Steffens, Arezzo, Schutz, Marisa, Ray-Ban, Coca-Cola, Hering, Colcci, Farm, Louis Vuitton, Dior, Dolce & Gabbana, Clinique, Lancôme e, mais recentemente, Morena Rosa e Maria Valentina”, conta Rachel. Isso significa mais de 350 mil produtos a um clique.

Veja como funciona a busca no Paraíso Feminino

A um clique, todos os produtos com a palavra chave. Para Oxford, uma das tendências que segue em alta neste outuno/inverno, são quase 3 mil opções:
Em um refinamento de busca, é possível achar todos os itens para Oxford Prata, por exemplo:
Na home do buscador, o Outlet leva direto para todos os produtos com desconto:

Além das vantagens de agilidade e preço, o primeiro e maior buscador exclusivo para o mercado feminino ainda tem uma ferramenta que ajuda a montar looks, ou seja, combinar as peças encontradas nas marcas parceiras e uma parte do site totalmente dedicada às tendências de moda, o E-Trends, que mostra como combinar os produtos e como usar as tendências das passarelas no dia-a-dia. “O Paraíso Feminino não realiza venda de nenhum produto, mas faz a interligação entre as consumidoras e as lojas virtuais, além de incentivar a compra assertiva, permitindo que a usuária tenha uma experiência única entre a busca de produtos e suas combinações”, finaliza Rachel.

Paraíso Feminino  | http://www.paraisofeminino.com.br | atendimento@paraisofeminino.com.br | (12) 3322-476

Fonte Clozel Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário